Alga em galão de água mineral é normal?

algasOutro dia estava contando a um amigo meu (Dinart ) que certa vez devolvemos um garrafão de 25l de água mineral para a fábrica pois continha algas no seu interior. Um químico da fábrica foi até o local, trocou o galão e explicou que – isto é normal, pois a água mineral vinha sim muitas vezes com esporos de algas que sob a água e com a luz do sol era normal elas se desenvolverem, motivo pelo qual a água mineral não pode ser armazenadas pelas distribuidoras em lugar que receba luz.

Enfim, fiquei satisfeito com a resposta.

Dez anos depois o Dinart (se DEFENDA! ^^) me disse que a água mineral passa por um processo de tratamento a ozonio (?) que elimina todo tipo de bactérias e micróbios. E que portanto era desculpa esfarrapada do químico e fiquei a me sentir com aquelas orelhas de burro de desenho animado.

Hoje tava lendo um livro com curiosidades de uma revista inglesa quando me deparei com um comentário de um leitor chamado Ian Williamson que disse o seguinte:
“Aqueles que trabalham em escritórios com bebedouros sabem que mesmo fechado a água irá desenvolver algas, se deixado sob a luz do sol durante muito tempo. Uma vez eu bebi, sem querer, um copo de água desses bebedouros. Embora ela tivesse um gosto ligeiramente diferente, não me causou doença nenhuma.”

Ai fiquei intrigado e pesquisei sobre o assunto, de acordo com alguns sites (wiki também) a água não recebe nenhum tratamento a não ser uma filtragem rala. Depois é realizado exames químicos e bacteriológicos para ver se ela é potável e após isso embalada. Sem a necessidade de nenhum tipo de filtragem ou quimica. Mesmo que assim fosse e tivesse algum tipo de tratamento, os esporos das algas não são vivos e entram em atividade apenas com a luz do sol. E mesmo que tivesse uma filtragem rigorosa, o esporo das algas são tão pequenos que muitos dos minerais e benefícios da água mineral são maiores do que ele.

Já noutro site um leitor português sugere a outro que está com problema de excesso de algas em seu tanque/aquário de peixes que utilize apenas água desmineralizada dionizada (ou seja, o oposto da água mineral) para garantir que tenha poucos minerais e assim poucas álgas.

A lei brasileira lançada em 2007 também não questiona o tratamento, e a exigência se restringe a constantes análises do líquido.

Em outro site vi referências de que raramente as algas trazem qualquer prejuízo para saúde, aliás pelo contrário, ela é muito utilizada na culinária oriental.

Resumindo, evite deixar o galão de água mineral em lugar onde receba luz, a menos que você queira começar a tomar chá de alga em vez de água.

Fontes :
Wiki
Abinam
reefforum

25 doses de saquê

Teusmajunho 5th, 2009 at 12:39

Adorei o post. Tem tudo haver com o que estou estudando esse semestre.

As unicas observações que tenho a fazer é que as algas se desenvolvem em qualquer lugar que tenha agua e luz (como você mesmo disse acima), porém existem aquelas que nem de luz precisam. Por que as algas são verdes? Porque é o único comprimento de onda (luz) cujo ela nao quer para si e portanto ela extrapola essa cor pelos clorófitos e mais, isso vale para qualquer planta também (por isso elas são verdes).

Sobre tomar agua com algas, a maioria não faz mal algum para nós mas existem florações que podem conter algas tóxicas, mas caso isso aconteça, muita gente vai saber pois a contaminação seria rapida e massante. As vezes eu encontro alguma alga aqui em casa, pois temos poço e não agua tratada quimicamente (sanepar, sabesp e etc).

Priscilajunho 5th, 2009 at 13:40

Teusma,
Essas algas tóxicas a que vc se referiu são as vermelhas não é? (Pelo menos acho que foi isso que eu aprendi no colégio) E elas não têm muita facilidade em se repredozir, não me lembro ao certo, mas alguma coisa tem que estar favorável como a tempetatura ou algo assim e eu pensava que elas são de águas salgadas.
Faz um post pra gente sobre esse assunto?

Edsonjunho 5th, 2009 at 14:00

Opa seria legal mesmo, sobre algas? Faz?

Tchelojunho 5th, 2009 at 14:33

Que eu saiba as algas verdes tem poder de cura e as vermelhas não fazem nada. Mas se misturar algas verdes e vermelhas você consegue uma substancia que cura ainda mais que um verde sozinha.

Ops…não não..isso acontece com as plantas em Resident Evil

Tchelojunho 5th, 2009 at 14:34

Alías..fiquei freakeado com a possibilidade de haver algas em minha água…Nao quero nenhum “aninal” perto da água que vou beber! Por isso bebo Coca! e só COCA!

Edsonjunho 5th, 2009 at 14:45

pelo mesmo motivo que bebo só cerveja haha

Teusmajunho 5th, 2009 at 14:54

hahahahahaha to rindo pacas (como riem as pacas? :O )

Okay, em breve farei um post sobre as algas. Mas ja adiantando um pouco do assunto: qualquer tipo de alga pode fazer floração ou o chamado bloom. Quando isso acontece no mar, essas florações são intensas e microalgas + cyanobactérias reproduzem-se louca e rapidamente, formando as conhecidas marés vermelhas (pelo tom avermelhado que elas formam).

Esse assunto só preocupa por duas questões: a primeira é que se a floração acontece em manancial onde a agua é utilizada para consumo humano, tem que rapidamente identificar se essa alga libera ou não toxinas, mas são raras as algas que fazem isso.
A segunda preocupação se dá quando, na maré vermelha, as algas são toxicas e os mariscos e peixes que se alimentam dela fazem parte de um campo de pesca. Esses animais não morrem pela toxina mas guardam a mesma no organismo e se o homem ingerir esses animais marinhos, pode ser fatal.

Derrepente nem precisa de post :p O basico ja esta aqui.

Teusmajunho 5th, 2009 at 14:58

É por isso que eu tomo coca + cerveja + vinho

Apesar de que, dentre todas essas bebidas citadas, o vinho (ovinho?) é o mais benéfico, dentro dos limites hehe

Dinartjunho 5th, 2009 at 15:46

1 – não toquei no tratamento da agua nem citei ozonio, falei que eram testadas amostras diariamente para ver se está tudo ok

2 – Agua mineral natural – esse nome existe porque ela é engarrafada direto da fonte, mas a fonte precisa de periodicidade na análise (até onde eu me informei, diária)

3 – os esporos de algas são sim vivos

4 – segundo a anvisa a água deve ser posta em local adequado (seco, fresco e longe da exposição da luz direta do sol) e apenas podendo ser comercializada em estabelecimentos que comercializam produtos alimentícios por isso proibiu a venda em postos de gasolina (nas lojas de conveniencia pode)

5 As algas podem não causar doenças mas seu apodrecimento dentro do garrafão fechado propicia a proliferação das poucas (ou não) bactérias que são permitidas no seu interior, podendo assim causar vários tipos de doença, ou seja, água com álgas é água de má qualidade.

6 – o controle de qualidade da fonte bem como o engarrafamento não garantem que a água é de qualidade, a armazenagem é fator de risco também,

Água de má qualidade não deve ser consumida,

Edsonjunho 5th, 2009 at 17:42

E aquela história que você falou sobre uma filtragem feita de membrana que não deixava passar nada, inclusive esporos? Você disse, você disse, você disse…. ^^
Você foi bem claro que água mineral boa não proliferaria nunca algas, admita você errou seu safado! ^^

Edsonjunho 5th, 2009 at 17:43

PS: Dinart nunca erra, exceto numa rara vez que ele achou estar errado =)

Dinartjunho 5th, 2009 at 20:27

Aquilo é da água dessalenizada daqui, depois procura sobre o dessalinizador do professor Kepler, aí é outra história.

sobre agua mineral boa não proliferar algas, tem esse texto aqui desse cara, ele é curto e grosso, nem parece mestre, doutor, pos doc etc etc

http://vocequeebiologo.blogspot.com/2006/08/gua-mineral-verde.html

Dinartjunho 5th, 2009 at 20:28

o nome do processo da membrana se chama “osmose inversa”

Kenzojunho 5th, 2009 at 23:02

Comentando só porque não entendi o porquê da interrogação ao lado da palavra “ozônio” no começo do post.

Antigamente era bem comum ter nas casas um ozonizador de água como esse: http://tr.im/nBo9

Hoje usa-se bastante em piscinas, para substituir o cloro.

Achei um excerto legal sobre isso em laboratórios:

“5.7- OXIDAÇÃO QUÍMICA:

É um processo ainda não utilizado largamente em Laboratório Clínico. É o sistema de purificação da água pelo Ozônio, mas está ganhando popularidade, pois o Ozônio é 5 a 10 vezes mais efetivo como bactericida que o Cloro. A ação bactericida do Ozônio pode ser aumentada pela ação da luz ultravioleta, sendo também mais fácil de remover que o Cloro.”

Fonte: http://tr.im/nBoR

Pronto. Minha pequena contribuição. :-)

Teusmajunho 8th, 2009 at 0:28

Dinart é biólogo?

Edsonjunho 8th, 2009 at 6:14

RESPOSTA AO KENZO: Porque eu não pesquisei sobre o assunto e não lembrava direito do nome que ele tinha dado. Mas acho que é isso mesmo, porém nas duas empresas que conheço de água mineral (Ouro Fihno e Santa Clara) eu não achei referências sobre tratamentos químicos. Apenas análises, Ouro Fino foi a empresa que comprei a água em Curitiba e eles tem um certificado internacional NFS que sei lá o quão importante é.
http://www.aguasourofino.com.br/qualidade.htm
http://www.aguasantaclara.com.br/

RESPOSTA AO DINART: Fontes? Manda os links que você mandou por MSN pra gente discutir aqui,

RESPOSTA AO TEUSMA: Não, apenas um curioso como eu. Você que é do ramo, poderia levantar algumas informações sobre isso pra gente com seus contatos? To pensando em fazer um segundo post.

Edsonjunho 8th, 2009 at 12:31

Seguinte, andei olhando o artigo do Kepler.

Ele em resumo diz que não se deve ter algas na água mineral mesmo que receba luz pois a mesma não tem NP (Nitrogenio e Potássio).

Na realidade ele esta equivocado, nenhuma lei proíbe a existencia de ambos, pelo contrário. No caso do Potássio é até recomendada.

Nitrogênios na forma de Nitratos existe apenas a recomendação de que seja em pequena quantidade, uma vez que pode ser ruim para crianças. Mas não impede uma quantidade suficiente para germinação dos esporos.

Potássio por outro lado pode ter em maior quantidade.

Fora isso, as algas podem adquirir os nitratos diretamente do que entra no garrafão, ou até minúsculas quantidades de ar que entrem na hora de embalar. Sem que isso seja tóxico ou prejudicial. Quanto mais ar entra no garrafão, maior é a facilidade dele expandir uma alga que já tenha iniciado o processo de germinação.

Conclusão:
Garrrafões que fiquem repletos de algas mesmo fechados de fato não é bom sinal, a menos que sua embalagem diga que não é recomendado para bebes e crianças.

FONTES:
http://www.daanvanalten.nl/quimica/module06/ambientesubstancias.html
http://www.aguamineralcristal.com.br/composicao.html

Guilhermesetembro 9th, 2009 at 16:20

Ol, li a materia que escreveu,

as algas que repararam simplesmente a luz solar que bate na gua, esquenta a gua, “matando” o oxignio existente nela…
essa gua mineral com algas no recomendada para consumo, porem no faz mal algum a sade.

Quando a gua realmente mineral, em contato com o Sol, algas iro nascer, ou seja, a alga no vem no galo ela nasce dentro dele.
Quando a gua no mineral fica esposta ao Sol, ao contrario de algas ir se notar a presena de lodo. Se houver lodo no fundo do galo nao consuma esta gua pois isso indica que ela canalizada, ou seja, de torneira.

Pois bem, nascer algas na gua mineral comum, quando acontecer tal coisa ligue para o seu distribuidor e pea a troca, ele te enviar outro galo e deve te aconselhar outro local para armazenar este.

Sobre a analize, a Fonte urea envaza a 50 anos a gua POA e faz de 3 em 3 meses periodicamente a anlize de toda a linha de gua mineral deles, sempre comprovando que a POA uma gua boa para consumo.

Por final peo que olhem em baixo do garrafo de voces e vejam dentro de um reloginho, ele que mostra a data de fabricao do galo. O garrafo de gua tem 3 anos de validade conforme diz a ABINAM, rgo responsvel pela gua mineral no Brasil, se dentro deste reloginho estiver o nmero 06 abaixo este galo esta vencido e pode sim conter bacterias, (explicando: as fontes submetem os garrafes a altissimas temperaturas, em todo envaze, que como diz a ABINAM “mata” as bacterias existentes neles por um prazo de 3 anos, aps isso as bacterias sobrevivem). De agora em diante lei nem as fontes nem os estabelecimentos podem vender garrafes fora do prazo.
ento sempre que for comprar gua, pea um galo com o mesmo ano do seu.

Aleoutubro 27th, 2009 at 21:22

Quando se fala em algas se pensa nas que vivem no mar.

Mas a alga em questo de gua doce.

a alga verde, altamente txica.

Como ela microscpica, quando vista a olho nu significa que o que se v uma colnia de algas!!!

Portanto galo com alga verde o fim da picada.

Algum j viu hospital de 1 linha com galo?

Quem quiser saber mais:

http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/ambiente/conteudo_254120.shtml

Como cada galo reaproveitado centenas de vezes e a fonte nem sempre de boa qualidade … Um veneno:

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI82409-15149,00-AGUA+MINERAL+SEM+REGISTRO.html

Tomem cuidado!

Carolinejaneiro 4th, 2013 at 16:33

Boa tarde.
Desculpa mas posso estar fazendo uma pergunta idiota.
Mas quanto tempo duraria um galão de agua enterrada no solo, a uns 3 metros de profundidade, ou seja, sem luz solar, e praticamente refrigerada, pois é bem fresca a terra.

Edsonjaneiro 5th, 2013 at 10:00

Eu não sei, mas qual o problema? Se preparando para um ataque zumbi? ^^

Esthephanijaneiro 27th, 2013 at 10:41

Olá,
Notei que tem algas em meu galão (timbu) e por coincidência tive por 2 dias seguidos alergia. Será que pode ter alguma ligação?

Obrigada

Edsonjaneiro 28th, 2013 at 9:37

Pode ser, apesar de achar ser normal ocorrer quando recebe luz solar, não significa que a água não possa causar problemas. Evite tomar e solicite a troca do galão para o seu fornecedor.

Diego Peixotomaio 8th, 2014 at 14:37

A legislação Brasileira PROÍBE o uso de Ozônio em águas minerais, diferentemente da Europa que é Obrigatório o uso, apesar de que a maioria das mineradoras aqui do Brasil fazem o uso clandestinamente justamente pra evitar que a água fique verde!

Edson Carlimaio 29th, 2014 at 9:41

Obrigado Diego, não sabia da proibição. Explica não constar na embalagem que é tratado com Ozônio (quando é).

Diga!

Seu comentário